O sonho de amor

 

tu és o destino final do meu dia…
margens do mar sereno onde repouso meu olhar..

surgiu vinda dos braços providenciais do destino…
tão inusitada,
tão crepuscular,
tão sobejamente especial!

Onde estás, que não envolvida em meus braços?
Onde estás, que não sob o toque dos meus lábios?

anseios…
doces desejos!

Meio a suaves divagações, sem perceber, o sono vem reclamar à companhia, embalando-me numa letargia profunda…

sonhos…
doces sonhos traz consigo o sono amigo…
A alma finalmente descansa,
contigo posso me encontrar.
E olhando em teus olhos digo as mais sinceras palavras,
traduzindo os meus mais cândidos sentimentos…

toco-lhe a face,
quando dos teus olhos fechados, então, aproximo da tua a minha face…

oh! nenhuma outra maravilha poderá reproduzir tamanha satisfação!

Nesta sintonia, invadido pelas dimanações da paixão,
êxtase profundo e insondável,
levo-me vagarosamente ao encontro do teu beijo…
ao sentir tua respiração o meu peito ganha vida,
minhas sensações não cabem dentro de mim…
esqueço a Terra que já não mais existe,
transportamo-nos aos mundos idílicos…
neste cenário passamos a contemplar a maravilha do nosso amor, superando a temporalidade da vida,
a fugacidade do tempo,
perpetuado-nos na intensidade do nosso amor.

Hênio Aragão

Despertar da Lótus

amantes 2

Conhecia-te de uma vida inteira, mas bastara-se, contudo, o intervalo de um instante para que o amor latente, no solo endurecido do meu coração, germinasse para surgir tão vigoroso quanto a Lótus, que desperta de pantanosas profundezas, ainda que séculos levem a noite dos tempos, para enfim desabrochar majestosa, com todo o seu enigmático encanto.

Em um dia que já se aproximava do fim, o sol poente coloria o céu com matizes particulares…o tempo ameno, o frio vento do atlântico norte soprava-nos inéditas inspirações… a ansiosa lua antecipara o seu despertar, alojando-se na linha quase perpendicular aos nossos olhos, deixando a noite por derradeira, quebrando toda a lógica do tempo… então, mergulhados no mar de águas mornas, entreolhamo-nos… nada mais foi dito, parara-se o tempo, sobrepujara-se o desejo, despertara-se o sentimento latente… tocaram-se os corpos, ao descompasso do coração, selara-se o beijo… de amor, de ternura.. de eternidade!

Hênio Aragão

Amor (Por Etasmda Araujo)

12721653_1032299583509130_865601588_n

Amar. Amar muito. Amar sem limites. Amar até doer. Amar pouco. Amar às vezes. Amar por faz de conta. Amar por amar. Amar por um detalhe. Amar sem explicação. Amar diferente. Amar apaixonadamente. Amar por loucura. Amar por prazer. Amar à vida. Amar o mar. Amar por felicidade. Amar por se sentir amado(a). Amar com o coração. Amar com um olhar. Amar, amar, amar e amaaar. Ame, simplesmente. Amar é bom demaaais. Já amou muitoo? Já amou mais q devia? Já amou mais que foi amado (a)? Já amou pouco, só um pouquinho? Ah! Não importa. O importante é sentir o Amor, porque Amar é o sentimento mais lindo que o ser humano pode sentir.

Etasmda Maria

Nota do administrador: Eis mais uma bela expressão do pensamento, do sentimento, descrito com muita sensibilidade e simplicidade, como a definir algo sutil e simples que é o verbo amar. sempre de matizes particulares para cada um, se desdobrará sempre de forma impar para cada ser humano. com tais considerações, é possível dizer que não existe autoridade para falar sobre o tema, é sempre magnífico ouvir e sentir o que cada um expressa, porque é a verdadeira expressão do que existe de mais belo no ser humano. parabéns, querida amiga.

Encontro

casais_021

Finalmente eis que sou chamado ao verso
As reticências cedem às sensações e emanações de matizes desconhecidos
As borboletas internas vibram e não se pode negar o vislumbre do advento da luz matutina,
Há muito escondida detrás da penumbra do horizonte incerto.

Ao deleite do silêncio, sobre o banco de talhada madeira sustentada em pilares de alvenaria ali insculpidos, doce companhia comigo permuta as inspirações sorvidas…

A solidão é superada e o silêncio é a voz do coração tecendo doces melodias de paz…
Desnecessárias as palavras, o toque dos dedos castos transmitem as puras intenções…

E nada do que se diga poderá definir o indescritível,
Toda forma que se queira enquadrar o que provem do imponderável, é mácula lacerante…

Em harmonia com o cosmos, a brisa noturna tocou-nos a face, atravessando-nos por toda a nossa superfície, qual alento divino….
A proximidade é inevitável, além dos corpos, os sonhos se tocam…
Mediante tão eloquente sinfonia de intraduzíveis formas, o elo aufere contornos particulares…
E neste comenos, num infinito particular, é eterna a felicidade e a paz alcançadas pelas almas afins.

Hênio Aragão

Sabor de Caju

Sabor do Cajú

Hoje comi um caju…
Ora, e vejam só, que sabor especial
É néctar de nostalgia, de infância, de um passado vivo
um sabor que remonta aos terreiros do sertão,
habitat da poesia,
berço salutar da simplicidade, dos carinhos da vovó.
Carreiras de pés descalços sobre a relva,
terraço dos animais…
Sabor de paz, de felicidade e gratidão.
Nunca mais verão outra forma de viver,
Nunca mais virão dias tão longos de inspiração…
O orvalho das manhãs,
O assoviar matutino do corrupião,
jamais esquecido pelo menino,
filho pródigo do sertão.

Hênio Aragão

Sina

Tempestade tenaz,
Sopraste teu fulgor de encontro à minha jornada…
Propugnando absorver meu intento, mitigaste a cólera de meus passos disformes.
Sanha subjacente,
não fora capaz de vencer minha sina… maior e altiva, leal ao espírito do homem Nobel…
Inversamente à execrável pretensão, domara esta vontade impetuosa…
Condicionando toda a força e vontade empedernidas ao instante ideal,
No caminho que segue constante e certo,
Avancei sobre teu sopro passageiro,
Depois do qual pude atingir a fortaleza inabalável do meu reino.

Hênio Aragão

Amar Sempre Mais

Quero te ver em cada segundo durante o dia em meus pensamentos…
quero te ver em cada segundo durante a noite em meus sonhos…
quero me expor ao sol e sentir que na realidade o seu calor é incomparável….

Quando do advento da noite quero olhar as estrelas e a pálida lua… e lembrar que ao brilho dos teus olhos no universo a nada se equivale.
amo-te e não existe nada maior que isso…

Porque para ser feliz bastante se faz amar, amar como se nada no mundo existisse em igual beleza…

Porque para quem ama o amor não implica em dimensões, implica simplesmente em emoções intraduzíveis,
sempre inéditas…
um dia nunca igual ao outro..
o amor que nos é legado sempre, dia após dia, nos surpreende com uma nova nuance…
tão maravilhosa quanto aquilo que não se podia imaginar!
Um amor singular e privilegiado no coração amado sempre brotará…

Hênio Aragão