Versos Calados

Em ligeiras cogitações acreditei que uma poesia escrita ou falada pudesse traduzir todas as belas coisas da alma

Quem dera fosse verdade,
poderia mostrar-lhe as maravilhas da alma e do amor…

Olha nos meus olhos…
Vê?
São os jardins verdejantes e coloridos sob o céu de nuvens espaças entre o sol imponente!

Quando faltar-me a poesia em meus versos, olha nos meus olhos e leia as maravilhas que os meus sonhos ocultam…

Hênio Aragão

Anúncios

2 responses to this post.

  1. Posted by Katiane on 01/12/2011 at 21:39

    “acreditei que uma poesia escrita ou falada pudesse traduzir todas as belas coisas da alma” , pode até não ser verdade mas engana que é uma beleza! rsrsrs
    Adorei o texto!

    Responder

  2. Posted by williane on 01/12/2011 at 21:39

    Nossa … coisa mais tocante, Hênio.
    Mas uma poesia pode sim externar as coisas boas e más que correm pelos sentimentos dos poetas.Entretanto concordo com vc, pois para mim os olhos continuam sendo o verdadeiro espelho da alma.
    gostei muito do poema.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: